Entenda a importância da parceria pais e escola para a vida do seu filho

By 7 de outubro de 2015Desempenho Escolar

A educação das crianças e dos adolescentes é uma das maiores preocupações que uma família pode ter e os pais começam a lidar com a escolha das instituições que farão parte da vida dos filhos desde que eles são muito pequenos. E essa não é uma decisão fácil.

A escola onde nossos filhos vão estudar precisa ter relação direta com o que desejamos para o futuro deles, tanto profissional quanto emocionalmente. No entanto, nenhuma parte fará tudo sozinha. É preciso que haja uma boa parceria entre pais e a escola para que tudo corra bem. Veja como fortalecer essa relação e garantir um caminho mais seguro e tranquilo para seus filhos:

A escolha consciente da instituição escolar

Muitos critérios estão envolvidos na escolha da escola onde os filhos vão estudar. Entre eles estão a proximidade de casa, uma logística possível para quem leva e busca, o preço da mensalidade, entre outros. No entanto, um dos critérios que deve falar mais alto é a maneira como a escola trabalha. É fundamental conversar com as pessoas — funcionários, outros pais, crianças que já estão lá —, fazer uma visita, conhecer o projeto pedagógico, isto é, os valores, a missão, os objetivos, as teorias que fundamentam o que a escola faz, etc.

Mesmo que não sejamos educadores e entendamos pouco das teorias educacionais — e elas fazem bastante diferença nas práticas escolares —, é importante saber em que tipo de escola nossos filhos estão. É uma escola laica? É uma escola ligada a algum tipo de religião ou filosofia específica? É uma escola menos ou mais liberal? Tudo isso deve estar bem claro para os pais que vão escolher uma formação escolar para os pequenos.

Acompanhamento atento do que acontece na escola

Não é possível para grande parte dos pais estar na escola todos os dias. No entanto, nossos filhos estão. E por meio deles é bem fácil saber o que está acontecendo em sala, nas aulas de educação física, nos projetos diversos, nas festas, nos encontros, na relação com os professores, funcionários e colegas. Um bate-papo com as crianças é essencial para que se possa entender o que acontece.

Do mesmo modo, uma olhada no material escolar e o acompanhamento do dever de casa são obrigações mínimas de pais que estejam de fato preocupados com a formação escolar dos filhos. Sem isso, a escola andará sozinha na condução das crianças.

Presença nas convocações e nos eventos

Toda escola promove reuniões de apresentação de professores, do projeto pedagógico, do plano para o ano ou o semestre letivo, assim como para festas comemorativas, campanhas, exposições científicas e artísticas. É importante que os pais estejam atentos a esses convites e que frequentem a escola. Nem sempre os horários são fáceis de conciliar, mas o acompanhamento das crianças e a valorização do que elas produzem fortalece muito a importância que os pequenos dão à vivência escolar. Se os próprios pais não se importam ou não aparecem, fica difícil cobrar um alinhamento na educação de casa e da escola.

A confiança no trabalho dos profissionais

Uma vez escolhida a escola, uma relação de confiança e respeito deve se estabelecer entre crianças, pais e funcionários. O esforço feito na sala de aula será grande, mas deve contar com a colaboração das famílias. Há responsabilidades que são só dos pais e a escola deve primar pelo aprendizado dos pequenos, até que eles possam seguir por suas vidas profissionais. Faz muita diferença demonstrar respeito e consideração pelo trabalho bem-feito de cada lado e ter sempre disposição para o diálogo.

Você reconhece a importância da parceria pais e escola no dia a dia das crianças? Aproveite e confira também nosso post com algumas dicas para você atuar na formação dos seus filhos!

Leave a Reply