Como ajudar seus filhos a construírem um projeto de vida?

By 28 de outubro de 2015Diversos

Ter um filho é mesmo uma mudança radical na vida de qualquer pessoa. Uma parcela da sua independência vai embora desde que o seu filho é apenas uma célula microscópica e tem apenas o tamanho da cabeça de um alfinete. Afinal, a partir de agora, você não é apenas aquele sujeito livre e desimpedido. Você agora é o pai, ou a mãe, de alguém.

E se você é um desses pais de crianças e jovens que tem interesse em participar ativamente na formação do seu pequeno rebento, não pode deixar de conferir o nosso post de hoje. Listamos os melhores caminhos para vocês, pais e mães atentos e engajados, ajudarem os seus filhos a construírem um bom projeto de vida. Então, não perca tempo e confira logo essas dicas imperdíveis!

Diversificação, mas com moderação

Eis que, de repente, sem que você perceba, fatalmente acabará pensando e agindo igualzinho aos seus pais, se indagando sobre como será o futuro do seu filho: o que será que ele vai ser quando crescer? Será que ele vai querer ser médico? E se ele andar pelo caminho errado? Calma, isso é normal. Aliás, é mais do que normal, é quase fisiológico. Quando se tornam pais, boa parte dos adultos costuma desenvolver um senso de proteção e zelo quase que instintivamente.

Aproveite, então, essas novas características que brotaram na sua personalidade e ajude o seu filho a trilhar no caminho para a construção de um projeto de vida. Ofereça a ele oportunidades para o desenvolvimento de habilidades e potencialidades.

Tênis, futebol, vôlei e teatro são excelentes exemplos de atividades extracurriculares que vão aprimorar em seu filho características como disciplina, dedicação, respeito e determinação. E, acredite, essas são habilidades importantes qualquer que seja o futuro do seu filho.

Entretanto, cuidado para não encher demais a agenda do seu filho com atividades em excesso, pois aí você poderá ter o efeito contrário: uma criança ou adolescente cansado e estressado, e isso não será nada bom!

Leitura sempre

Para construir e pensar num projeto de vida, os seus filhos precisam de conhecimento, certo? Certíssimo. Mas eles precisarão aplicar esse conhecimento na prática para tomar decisões acertadas em momentos críticos. Para isso, eles vão precisar desenvolver habilidades como discernimento, racionalidade e capacidade de avaliação crítica.

A leitura é um excelente caminho para trilhar essas aptidões. Os livros podem mudar o mundo. Aliás, como diria o sábio Mário Quintana: “os livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas”.

Por isso, incentive o hábito da leitura. Ou melhor, seja você um exemplo vivo e leia junto com o seu pequeno. A leitura auxilia o desenvolvimento do raciocínio e do senso crítico e isso será indispensável para um bom projeto de vida.

Viajar é preciso

Auxiliar seu filho a construir um bom projeto de vida tem muito mais a ver com um conhecimento amplo sobre coisas, pessoas e situações do que propriamente com a definição de um plano com metas e objetivos preestabelecidos — principalmente, se estivermos falando de crianças pequenas ou adolescentes, que ainda se encontram em processo de amadurecimento.

Por isso, ter boas vivências com os seus filhos talvez seja a dica mais importante quando o assunto é guiá-los para a construção de um projeto de vida seguro e saudável.

Viajar é uma atividade indispensável para o fortalecimento dessa vivência. Durante uma viagem as pessoas saem da rotina, passam mais tempo juntas, deparam-se com situações diversas, conhecem novas formas de viver, enfim, experimentam em um curto espaço de tempo um verdadeiro mix de emoções e sensações.

Vale a pena lembrar de mais uma frase do Mário Quintana, que definiu que viajar é trocar a roupa da alma. Ele tinha toda razão. Viajar agrega experiência e conhecimento à bagagem intelectual e emocional de qualquer pessoa. Por isso, viaje com os seus filhos. Melhor, construam a viagem juntos. Escolham destinos, selecionem roteiros, pesquisem hospedagens e compartilhem esse momento. Isso aumentará a cumplicidade entre vocês, fortalecendo a relação. Além disso, a viagem em si será um momento de fortalecimento de vínculos, e vai dar ao seu filho uma experiência de vida quem nem 1000 aulas poderiam comprar.

Já deu para perceber que ajudar seu filho a construir um bom projeto de vida envolve um caminho subjetivo. Não há uma receita de bolo, é uma questão de feeling. O importante mesmo é estar sempre atento ao desenvolvimento do seu filho, dedicando-lhe amor, carinho e atenção.

E aí, achou interessante as nossas dicas? Compartilhe conosco suas experiências e conte pra gente como você faz para ajudar seus filhos a construir um futuro melhor!

Leave a Reply