Aprenda como criar um plano de estudo infalível

By 29 de março de 2016Desempenho Escolar

Uma das maiores referências brasileiras em Neurociência da Aprendizagem (o estudo do nosso cérebro e como ele reage quando aprendemos), o professor Pierluigi Piazzi, costumava dizer que a aula não é o momento de aprender, é o momento de entender, aprender depende unicamente do estudante e de seu estudo fora da escola.

Ficou confuso? A lógica é a seguinte: na sala de aula, o seu professor explica o conteúdo. Ali, ele introduz o assunto, explica a lógica por trás daquilo e traz as informações que você precisa ter para aprender aquilo. Em casa, durante o seu período de estudo, você vai mais afundo naquele conteúdo, através de exercícios, leituras, resumos, anotações. E é aí, que você de fato aprende. É nesse processo que você assimila o que foi passado e descobre o que de fato foi entendido, e no que ainda tem dúvidas. Melhorou?

Por isso, é de extrema importância ter um plano de estudo que seja infalível no papel e que te ajude a aprender. Para que ele cumpra esse papel, no entanto, o plano de estudos precisa atender alguns requisitos. Ele precisa se adequar a sua rotina, ser bem detalhado, e ser realista (não adianta querer designar 4 horas consecutivas para o estudo, quando em realidade você não consegue estudar nem meia hora sozinho). Confira a seguir alguns passos que podem te ajudar!

Crie um quadro

Você pode usar uma folha de cartolina, de papel comum, pode fazer com caneta e lápis, ou digitar no computador. Não faz diferença. O importante é que você crie um quadro bem detalhado, com os seus horários. Primeiro, faça uma lista de todas as atividades fixas da sua agenda (escola, inglês, esportes…), assim, você saberá quais horários no seu dia a dia já estão ocupados e quais estão livres para os estudos, descanso, e outras atividades.

Crie uma coluna para os horários e, ao lado, uma para cada dia da semana. Cada horário tem sua própria linha, e no dia da semana correspondente, você preenche com a atividade que será realizada.

Preencha os espaços vazios

Agora que você já consegue visualizar a sua agenda de maneira mais completa, é preciso preencher os espaços vazios. E é essa parte que tornará o seu plano de estudos infalível.

É necessário separar um tempo diário para os estudos. E, preferencialmente, que seja possível estudar o conteúdo visto em sala de aula no mesmo dia. Isso quer dizer que, se você vai à escola no período da tarde, é mais eficiente ter o seu período de estudos durante a noite, do que na manhã seguinte.

Deve-se separar os períodos de estudo de acordo com o horário escolar. Se segunda-feira as aulas são de Português e Matemática, são essas as disciplinas que deverão ser estudas em casa naquele dia.

Lembre-se de que, tão importante quanto o estudo, é o descanso. Reserve um tempo para fazer algo diferente, preferencialmente, que envolva atividades físicas, isso melhora até o seu desempenho de assimilação. Isso pode ser feito nos intervalos entre o estudo de uma disciplina e outra. Com esta organização, fica mais fácil também ter as 8 horas de sono, que são essenciais no processo de estudo.

Escolha um lugar especial

O seu plano de estudo infalível merece um lugar todo especial pra ele. E não é simplesmente porque você trabalhou dura e arduamente nele. Ele merece um lugar de destaque porque você precisa olhar para ele diariamente. Só assim ele poderá ser colocado em prática e ser, de fato, infalível. Afinal, é muito mais fácil seguir os horários de um plano visível do que ter que procurar em uma pilha de papéis toda vez que precisar saber o seu próximo compromisso.

Conte com a ajuda de aplicativos

Graças à era tecnológica em que vivemos, existem alguns aplicativos que podem te ajudar nesse processo. O ExamTime eGoConqr são boas alternativas e estão disponíveis para Android e iOS. De maneira geral eles ajudam a criar plano de estudos, flashcards para memorizar conteúdos, responder quizzes, entre outros.

Gostou das nossas dicas de como criar um bom plano de estudo? Comente aqui quais são as suas maiores dificuldades no momento do estudo pessoal.

Leave a Reply