7 dicas para pais educadores atuarem na formação de seus filhos

By 11 de agosto de 2015Dicas

Muitas mães e pais desejam sinceramente contribuir para que os filhos tenham sucesso na escola, aprendam de verdade e com prazer, mas nem sempre sabem a melhor maneira de agir. Com pequenas atitudes no dia a dia, pais educadores podem ser uma influência positiva na promoção do crescimento intelectual e emocional dos filhos.

Veja aqui 7 formas de ajudar seu filho a ser um bom estudante em todas as fases da vida escolar:

1 – Ponha para dormir cedo

Dormir descansa, deixa a criança pronta pra o próximo dia, permite que ela esteja atenta e bem disposta. O sono é também fundamental para a consolidação das memórias — torna a memória de curto prazo em memória de longo prazo. Portanto, estabeleça um horário para ir para a cama e faça seu filho dormir sempre o tempo recomendado para sua idade.

2 – Dê uma alimentação de qualidade

Comida é alimento para o corpo e para a mente. Estudos comprovam que uma nutrição equilibrada, com muitos produtos in natura e poucos industrializados, melhora a cognição até na velhice. Mas, sobretudo na primeira infância, quando os circuitos neurais estão se formando, a boa alimentação faz diferença. Oferecer grandes quantidades de comidas com açúcar e aditivos químicos contribui para que as crianças fiquem mais agitadas, o que também atrapalha na escola.

3 – Leia muito

Leia para ele, desde cedo. E leia também para você, jornais, revistas e livros de literatura, para dar o exemplo. Diversas pesquisas mostram que a quantidade de livros que a criança tem em casa é uma das variáveis mais importantes para o bom desempenho escolar. Mas, é claro, não adianta apenas ter as obras: é preciso lê-las.

4 – Deixe o mundo ser educador

O mundo é um lugar cheio de oportunidades de se aprender. Museus de ciência, arte ou história, parques ao ar livre, shows, teatros, tudo pode trazer conhecimentos novos, seja graças a um inseto diferente que aparece, seja por apresentar um som nunca ouvido. Experiências variadas contribuem para o aprendizado global dos pequenos.

5 – Estimule a curiosidade

As crianças são naturalmente curiosas, então você só precisa dar uma pequena força para não sufocar essa característica. Para começar, pais educadores nunca menosprezam uma pergunta do filho, por mais simples que lhes pareça. Tente explicar numa linguagem acessível para a idade e, caso você não saiba a resposta, vá pesquisar com ele.

6 – Envolva-se com a vida escolar

O envolvimento com a escola pode se dar de diversas maneiras: pergunte todos os dias o que seu filho aprendeu de bom, veja se há lição de casa (e ajude, caso necessário), reserve um tempo e um espaço em casa para ele poder estudar. Pais educadores também vão sempre às reuniões da escola e é com esse acompanhamento próximo que você consegue até identificar problemas como o bullying ou o cyberbullying.

7 – Acima de tudo, ame

Às vezes temos sucesso, às vezes fracassamos, seja na vida ou na escola. Para a autoestima das crianças, contudo, é importante ter a segurança do amor dos pais mesmo nas situações difíceis. Isso não significa não cobrar empenho e dedicação aos estudos: cobrar é também uma forma de amor, vale lembrar. Mas é preciso deixar claro que o seu sentimento não será afetado por algumas notas baixas. Assim, ele vai ter confiança para superar os obstáculos na escola — e também dali para frente.

O que se passa em casa influencia diretamente o rendimento escolar das crianças. Pais educadores devem agir de forma consistente, ter sempre um olhar global, visando objetivos em longo prazo.

E você, que atitude costuma ter para contribuir com o aprendizado do seu filho? Deixe aqui seu comentário!

Leave a Reply