5 ideias para utilizar Pokémon Go de forma educativa

By 26 de setembro de 2016Tecnologia na educação

Desde o seu lançamento no Brasil, no dia 3 de agosto, o jogo Pokémon GO virou o assunto do momento no mundo todo, conquistando instantaneamente crianças, adolescentes e até adultos. 

O aplicativo, que permite caçar criaturas chamadas pokémons em uma simulação de realidade aumentada, tem sido cada vez mais objeto de preocupação de pais e professores com as consequências de longas horas dedicadas ao jogo e da distração pelo uso de smartphone.

Pensando em como transformar essa nova mania em um instrumento para a socialização e aprendizado na sala de aula, separamos 5 ideias para utilizar Pokémon GO de forma educativa.

1. Na aula de Biologia

Os pokémons, criados para os jogos de videogames da década de 1990 e posteriormente em sua versão de desenho animado, guardam muitas semelhanças com os animais do mundo real. Eles são classificados de acordo com algumas características específicas e podem evoluir para novas espécies.

Para atrair atenção da turma, pode-se usar as criaturas do Pokémon GO como exemplo, ao ensinar as divisões do Reino Animal aos seus alunos.

2. Na aula de Geografia

A jogabilidade do aplicativo é baseada em um sistema de geolocalização, que utiliza o GPS do celular para mostrar as rotas que o jogador deve seguir e para introduzir os elementos do mundo de Pokémon GO. A partir disso, pode-se utilizar o que aparece no jogo para ensinar as crianças a ler mapas, a se localizarem e até como funciona o GPS.

3. Na aula de História

Promover passeios e excursões é uma ótima maneira de utilizar Pokémon GO de forma educativa! No jogo, utilizam-se marcos históricos da cidade como pontos de recarregamento de itens, os chamados Pokéstops.

Vocês podem fazer um roteiro que passa por alguns desses monumentos e aproveitar o entusiasmo na busca por novas criaturas para ensinar história.

4. Na aula de Educação Física

Uma das premissas mais importantes do game é estimular seus jogadores a praticar atividades físicas. Só é possível caçar pokémons e recolher itens andando por diversos pontos da cidade, o que incentiva o usuário do aplicativo a manter-se sempre em movimento.

Aqueles que caminham muito com o jogo aberto podem chocar ovos para o nascimento de novas criaturas e até ganhar medalhas que reconhecem os quilômetros percorridos.

Fazer com que os alunos saiam pelo terreno da escola caminhando e perseguindo pokémons é uma ótima maneira de fazer uma aula de Educação Física bastante diferente e divertida! O app também estimula a integração e socialização da garotada, que pode comparar seus ganhos e suas criaturas capturadas.

5. Na aula de Inglês

A partir de certa idade, é importante incentivar o interesse da criança no aprendizado de um novo idioma. O que muitas vezes pode parecer uma tarefa árdua, com jogos e aplicativos como o Pokémon GO pode ficar muito mais fácil incentivar os jovens a aprender.

Como o app é todo em inglês, promover uma aula só com traduções dos termos do universo Pokémon utilizados no jogo pode ser uma boa ideia! E o melhor, eles sempre estarão revisando o que viram em sala de aula quando forem jogar novamente.

Embora a tecnologia traga uma série de desafios para o desenvolvimento e aprendizado de crianças e adolescentes, é possível utilizá-la ao nosso favor. Agora que você já conheceu algumas dicas de como utilizar Pokémon GO de forma educativa, chegou a hora de instalar o aplicativo, aprender como ele funciona e partir para a ação!

Se você acha que esse post foi útil, não deixe de compartilhá-lo com seus amigos, colegas de trabalho e outros pais nas redes sociais!

Leave a Reply